O Narrador

Olá, escritor(a)!

Como vai você?

Nesse post explico sobre a Narração, um tipo de texto usado por escritores que contam histórias reais ou de ficção. A narração é composta por elementos como Personagens, Espaço e Tempo.

Personagens: entre eles pode ou não estar inserido o narrador, estão situados num espaço e tempo.

Espaço: o cenário, lugar onde se passa determinada cena.

Tempo: atual, passado ou futuro; pode ser cronológico (linear, segue o curso das horas) ou psicológico (ligado aos pensamentos ou lembranças dos personagens ou do narrador). Além da época em que se passa a história.

book-1421097_1920

Quanto ao narrador, é aquele que está diretamente ligado ao discurso (a forma como a história é contada) contido no texto.

Narrador Personagem

  • 1ª pessoa
  • Discurso direto
  • O narrador é o próprio personagem

Narrador Observador

  • 3ª pessoa
  • Discurso indireto (o mais comum)
  • O narrador apenas observa e conta a história, mas não participa dela

Narrador Onisciente

    • Mescla de 1ª e 3ª pessoa
    • Discurso indireto livre
    • O narrador conta a história, mas em determinados momentos sua voz é alternada com a dos personagens
  • Exemplo: “Como estou cansada, pensou Cristina.” ou “Foi só colocar os pés fora da casa que Gregório foi logo berrando: saiam logo daqui, seus moleques, e entrou, batendo a porta.” (as partes grifadas, ainda que ditas pelo narrador, fazem parte do pensamento ou fala dos personagens)

Quando começamos a escrever uma história vem um monte de interrogações na nossa cabeça, mas isso é bom, faz parte da construção da narrativa e há algumas perguntas que você pode responder para si e para cada personagem.

O que te motiva?

Qual seu principal desafio?

O que você faz para lidar com esse desafio?

Que impacto você deseja causar no mundo?

O protagonista da sua história, escritor(a), tem que ser alguém com quem o público se identifique.

Lembre-se das perguntas acima e faça o protagonista respondê-las. As respostas serão com um guia, não precisam aparecer na história.

As motivações guiam o caminho do protagonista, em seguida algo se coloca no caminho dele, um desafio, isso ajuda a construir um conflito e a partir desse conflito acontecem as viradas que levam o protagonista a novos desafios, aprendizados e impactos, chegando, assim, ao final da narrativa, onde ele se surpreende com algo que ele nem imaginava no início da história.

Conte a sua história em voz alta, grave um áudio, isso te ajuda a se conhecer, conhecer a sua narrativa e a descobrir as próprias técnicas, o seu jeito de contar uma história de forma que o leitor se prenda a ela, goste e se identifique com os personagens.

Saiba também como escolher o narrador. Se você tem o objetivo de criar uma aproximação maior com o leitor, é preferível narrar em 1ª pessoa. Se há muitos personagens e você deseja mostrar o ponto de vista de cada um, pode usar 3ª pessoa ou 1ª pessoa para cada um deles em capítulos diferentes.

Bom, escritor(a), esse post é para que você entenda um pouco mais sobre narração e decida quem e como irá contar a história do seu livro.

Espero que tenha gostado.

Curta e deixe seu comentário.

Até mais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s