Escrevendo ficção científica

 

sci-fi-world-ficção-científica

Olá, escritor(a)!

Irei falar sobre diferentes gêneros literários e seus subgêneros. As postagens serão um pouco longas, porque quero que você leia e saiba exatamente qual gênero quer escrever, mas, mesmo assim, se houver qualquer dúvida deixe seu comentário ou entre em contato por e-mail (gabriella.rebeca.gr@gmail.com).

Você deve conhecer muitos gêneros por aí. Qual você escritor escolheu para escrever? Provavelmente você é bom no que escreve e pensa que sua história não se encaixa muito bem dentro do gênero que escolheu, mas não existe outro gênero no qual possa encaixá-la, mas eu irei ajudá-lo a encontrar.

Meu autor favorito de ficção científica é Júlio Verne. Bom, não tem como não gostar dos livros dele e, se você ainda não leu, eu recomendo.

Vou começar por:

FICÇÃO CIENTÍFICA

Ficção científica, como você sabe, envolve alguma forma de ciência. Mas o que é necessário para que sua história receba este rótulo? Alienígenas, viagem no tempo, cenário futurista, viagem espacial?

Mais adiante explicarei como escrever histórias desse gênero, mas primeiro devo ressaltar que dentro da Ficção Científica existem os seguintes subgêneros:

Viagem no tempo

Já dá para saber do que se trata esse subgênero. Basicamente, personagens viajam para o passado ou para o futuro ou recebem visitas de viajantes de ambos os tempos. Ex.: filme – De volta para o futuro.

Steampunk

Como o próprio nome sugere (steam = vapor), é uma história que se passa na era do vapor, ou seja, século XIX e início do século XX, onde é introduzido algum conceito futurista. Os veículos ou máquinas são movidos a vapor. Ex.: jogo – Dishonored (veja o trailer).

Dieselpunk

Inspirado no Steampunk, porém os veículos são movidos a diesel ou qualquer outro tipo de combustível. Baseado na estética popular entre a Primeira Guerra Mundial até meados de 1950. Existem vários subgêneros além deste, como biopunk (onde predomina a biologia sintética), carbonpunk, ficção científica afrofuturista, ficção científica feminista, ficção científica cliff, pulp fiction, militar, mundana, dying earth et cetera.

Space opera

A história se passa num planeta distante ou no espaço. Onde as explicações técnicas são de pouca importância e envolve luta de “mocinhos” contra “bandidos”. Ex.: filme – Star Wars. Pode ser comparado ao gênero Western, que vou explicar logo abaixo.

Primeiro contato

Pode ser um encontro amigável entre um aliens com humanos, no qual revelam segredos tecnológicos ou uma invasão catastrófica. Ex.: filme – Batalha de Los Angeles.

Horror

Como assim? É uma história em que a ficção científica se mistura a eventos de horror. Pode ser uma trama onde pessoas aparecem mortas de forma estranha e em meio a tanto mistério e pânico, descobrem se tratar de aliens, robôs assassinos et cetera. Ex.: filme – Frankenstein (1931).

Ficção robótica

Os robôs desempenham papel principal ou são alvos principais da história. Ex.: filme – Eu robô / filme – AI Inteligência Artificial.

Ficção científica soft (leve)

A história é centrada nos personagens e se passa em torno de como a tecnologia afeta as pessoas, suas mudanças sociais e psicológicas.

Ficção científica hard (pesada)

A narrativa desse subgênero é guiada muito mais por ideias, deixando de lado a caracterização dos personagens e conflitos. O escritor deve ter algum conhecimento de princípios científicos, já que a tecnologia toma conta da história.

Distopia

É o oposto da sociedade utópica. A ficção distópica retrata um estado policial e de repressão política, no qual as liberdades foram limitadas e a moral pervertida. (Vou pesquisar mais sobre esse subgênero, achei meio vago, um exemplo que eu acho que se encaixa nesse subgênero é V de Vingança).

Comédia

Além de poder construir um subgênero próprio, também pode estar incutido nos demais subgêneros, mas é necessário, também, que saiba como escrever comédia.

Ciberpunk

É basicamente um cenário repleto de computadores, hackers e híbridos de computadores/homens. Nessa história os personagens passam a maior parte do tempo em um ambiente virtual. Ex.: filme – Matrix / filme – Elysium.

Apocalíptico e pós-apocalíptico

São histórias focadas no fim do mundo. No Apocalíptico a história se passa antes e durante o apocalipse. No Pós-apocalíptico costuma haver um acidente que devasta o planeta, esse é o ponto de partida desse tipo de narrativa. Ex.: série – The Walking Dead.

steampunk-dirigivel-ficção-científica


Como você pôde ver, Ficção Científica é um gênero bem complexo.

Para escrever esse gênero você precisa pesquisar frequentemente sobre progressos científicos que já conquistaram a imaginação do público. Nada de escrever histórias monótonas, daquelas que as pessoas estão cansadas de ler, seja ao máximo criativo e convincente.

Portanto, leia boas obras de Ficção Científica, assim poderá aprender como bons romances de ficção científica são.

Fique atento aos eventos atuais, uma boa história como essa faz as pessoas ficarem emocionalmente ligadas a ela. Inspire-se nos eventos importantes ou interessantes a você e conte a história de forma que apague o preconceito que as pessoas têm.

Você também pode construir sua história a partir de uma mensagem que deseja que as pessoas entendam. Isso lhe dá um caminho e uma meta. Sua história é mais propensa a causar um impacto, quando o leitor consegue absorver algo dela.

Espero que tenha entendido bem e, se quer escrever sobre esse gênero, pesquise cada vez mais.

Obrigada!

Volte sempre.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s