Como criar um personagem

Olá, escritor(a)!

À procura de dicas sobre como criar seus personagens?

Eu estava ansiosa para postar isso aqui, até porque, assim como para você, alguns assuntos deste blog são novos para mim. Admito que tinha certa dificuldade em criar protagonistas convincentes, mas estou melhorando nisso. Resolvi atualizar esse post, assim como outros vinculados a ele para a sua melhor compreensão.

Existe uma lista com detalhes para a criação de personagens por aí, mas eu selecionei algumas dicas mais importantes para tornar os seus personagens únicos, afinal eles são pessoas, fictícias, mas complexas.

O principal ingrediente da sua história são os personagens.

Mais-uma-chance-para-Desventuras-em-Serie1

Antes de começar, algumas orientações: cuidado para não adicionar personagens demais à sua história e ao escrever diálogos tente se colocar no lugar deles. Eu sei que em determinados livros há um monte de personagens e fazem muito sucesso, mas se você é um(a) escritor(a) iniciante precisa começar com poucos personagens e trabalhar em cada um deles, isso que fará a diferença na sua obra, além de uma história bem contada.

Creio que a primeira coisa que lhe vem à cabeça quando decide criar um novo personagem para a sua história é a aparência física, sim, mas vamos por partes.

  • NOME

Você pode simplesmente escolher um nome bonito e pronto! Ou também, como eu costumo fazer, pesquisar significados de nomes e escolher um apropriado para a personalidade de seu personagem. Apelidos também são interessantes.

  • IDADE

Isso depende não só da maturidade do personagem, mas também do seu histórico. Às vezes nem é necessário dizer a idade, se ele for adolescente, por exemplo, você pode dizer ou simplesmente mostrar que ele está no ensino médio, suas emoções fortes et cetera.

  • HISTÓRIA PESSOAL

Seu personagem precisa de uma história, mesmo que ela não seja contada no livro, principalmente se tratando do protagonista. Através desse histórico fica fácil definir os itens seguintes, já que algumas coisas ele só pode ter adquirido com o tempo.

  • GOSTOS, PREFERÊNCIAS E HOBBIES

Tornam o personagem interessante e através disso pode até aproximá-lo mais do leitor com gostos em comum.

  • DESAFIOS E MEDOS

Quais os desafios do personagem? Ele tem medo de altura ou algum outro tipo de fobia? Ele se sente pressionado ao falar com mulheres? Isso pode ser explicado por algum acontecimento ou trauma do passado.

  • PROFISSÃO/HABILIDADE

Defina a profissão ou habilidade do personagem de acordo com a história. Se ele for um viking pode ser que saiba manejar um machado como ninguém. Ou pode ser um executivo que sonha em ser artista, mas tem medo de não dar certo.

  • DESCRIÇÃO FÍSICA

Finalmente! Hora de ver seu personagem além daquele que você imaginou lá no início, com a forma de vestir, postura física, movimento e outras características físicas. Com seu histórico, gostos, medos e habilidades, ele adquire algo a mais. Se ele trabalhou demais durante a vida pode ser que ele tenha um rosto cansado, quem sabe marcado pelo sol ou alguma cicatriz proveniente de uma briga em um bar uma vez.


Depois de tudo isso definido seu personagem não pode ganhar apenas características físicas, ele adquire também características psicológicas, então você pode definir:

  • HÁBITOS, COMPORTAMENTO E PERSONALIDADE, A FORMA COMO SE RELACIONA COM OS OUTROS, PONTOS FORTES E FRACOS (lembre-se dos desafios e medos) E O QUE ELE REPRESENTA DENTRO DA SUA HISTÓRIA.

Se o personagem já teve muitas frustrações, pode ser que não confie muito nas pessoas ou se algo aconteceu no passado pode ser que alguns hábitos tenham mudado, mas as características psicológicas não devem se limitar apenas ao que os outros vêem, é preciso entender como o personagem se sente. Chegamos então ao principal componente: sentimento.

  • COMO ELE AGE EM CERTAS SITUAÇÕES, O QUE ELE PENSA A RESPEITO DO MUNDO E DAS PESSOAS AO SEU REDOR, COMO ELE DEMONSTRA SEUS SENTIMENTOS, O QUE ELE FARIA PARA CONSEGUIR O QUE QUER, O QUE O IMPEDE.

Há também quem monte uma árvore genealógica e escreve um breve histórico para cada familiar, mas isso fica a critério do escritor. Além do mais, você pode definir algumas características básicas dos seus personagens e as demais mudanças ele pode adquirir no decorrer da narrativa, só não esqueça de anotar, você pode precisar consultar posteriormente.

tumblr_static_peter_dinklage_as_tyrion_lannister_game_of_thrones_wallpaper

Preciso fazer isso com todos os personagens? Não, somente os principais, para os demais defina só o básico.

Por último, escolha características marcantes, aquelas que farão o leitor ter curiosidade em saber mais sobre o seu personagem e criar alguma simpatia por ele ou o contrário.

Espero ter ajudado você, escritor(a).

Leia também: Protagonista e antagonista e Como demonstrar as emoções dos personagens

Deixe seu comentário. Volte sempre.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s