Como escrever um livro

Olá, escritor(a)!

Como vai você?

book-1357344_1920

Sei que você pode saber exatamente como escrever um livro se já tem um tempo que escreve ou não, caso ainda esteja pensando em escrever um.

O enredo de uma história é composto basicamente por quatro elementos:

  1. Introdução – apresenta uma série de fatos que introduzem o leitor no universo que você criou, a introdução deve cativar o leitor para que ele continue lendo sua história.
  2. Desenvolvimento – praticamente todo o resto do livro, todos os elementos da sua história são trabalhados e desenvolvidos para alcançar o clímax.
  3. Clímax – o ápice da história, o enredo atinge um conflito a ser resolvido.
  4. Desfecho – forma como se lidou e/ou solucionou o conflito.

Essa é basicamente a estrutura de qualquer história.

Transforme sensações em imagens.

Do que adianta escrever se o seu texto não faz o menor sentido? Sua história precisa ser imaginável, mesmo sendo inimaginável.

E se você escreve frases simplesinhas, pode ir parando com isso. Nada de “fulano saiu de casa e foi ao colégio”. Complemente sua frase, enriqueça-a. Nada impede você de descrever detalhes. O que houve quando fulano saiu de casa? O que ele encontrou no caminho? Quais eram seus pensamentos? Ele estava com vontade de ir ao colégio?

É praticando que se aprende.

Quando você sabe escrever frases, consegue desenvolver parágrafos. Ele pode ser longo ou não, depende do que está escrevendo, mas não se esqueça de complementar as frases enquanto desenvolve o parágrafo.

É justamente com os parágrafos que se escreve uma cena. Sim, por isso é importante saber passar toda e qualquer ideia que se tem para o papel, de maneira clara e objetiva. Só não exagere nas descrições, seja específico, o leitor não vai querer ler uma página inteira que descreve uma casa para entender que ela é robusta.

A partir do momento em que você consegue escrever cenas, conseguirá desenvolver capítulos, pois os mesmos são compostos por cenas.

Alguns escritores têm dúvida de como separar os capítulos, mas cada capítulo pode conter diferentes cenas, em diferentes momentos, com diferentes personagens; uma única cena em um determinado momento com o(s) mesmo(s) personagem(s); várias cenas distintas et cetera. Você pode numerar os capítulos ou usar subtítulos.

É assim, amigo escritor, que se escreve um livro. Basicamente.

Leia também:

Escrevendo Ficção Científica

Escrevendo histórias de Terror

Escrevendo histórias engraçadas

Escrevendo um conto

Escrevendo uma história de amor

Deixe seu comentário e siga o blog.

Até mais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s